MENU

 Artigos >> As melhores informações para o seu Vestibular
Confira as orientações e informações que podem ajudar na aprovação!!
 
Candidata conta como passou em 1º lugar em Medicina na USP

 

Candidata conta como passou em 1º lugar em Medicina na USP 

A receita do sucesso teve como principal ingrediente uma consistente preparação escolar. 
Camila fez o ensino médio em escola particular e depois encarou dois anos de cursinho. 

Decidida e esforçada, a garota não faltou às aulas, se debruçou sobre os livros todos os dias para estudar as matérias dadas pelos professores, participou dos testes simulados e ainda leu todas as obras literárias indicadas. 

Camila também optou por abdicar da vida social: deixou de lado as "baladas" e abandonou a academia para ter mais tempo de ficar com os livros. 

"Meu lema era: matéria dada é matéria estudada", comenta. 
"Para absorver as informações procurava fazer resumos de todas as lições com as teorias, fórmulas e dicas dos professores. Com eles tinha mais segurança". 

Mesmo sendo reprovada por dois anos consecutivos nos processos seletivos, Camila não passou incólume pelo vestibular. 
"Planejar é fundamental para quem vai fazer uma segunda ou terceira tentativa. 

Condenei esse massacre de ter que fazer 300 exercícios de um só item da matéria porque descobri que você mecaniza seu aprendizado. 

E quando chega no vestibular, você espera que caia na prova um exercício igual aos 300 praticados", afirma.

Na hora da prova, o primeiro passo foi seguir o bom senso e com segurança resolver as questões mais fáceis e deixar de lado as mais trabalhosas. 
Camila lembra que entrou em pânico quando percebeu que não ia dar tempo para resolver todas questões das provas de física, química e matemática. 

"Tive que chutar com consciência". Ela confessa que aprendeu a técnica no cursinho. 
A regra é simples: numa prova de 20 questões com cinco alternativas cada, o gabarito deve ser formado por quatro respostas de cada alternativa. 

"Percebi que na minha prova de física a alternativa que menos apareceu foi a letra B. Chutei e acertei". 

Além da USP, Camila concorreu aos vestibulares da Unicamp e Unifesp, nos quais também foi aprovada. 

"No ano passado fiquei com ‘dor de cotovelo’ dos estudantes que passaram na Unicamp", lembra. 
“Mas meu objetivo era passar na USP". 

"Não me considero inteligente", explica, "Acho que sou esforçada". 
Para ela, foram fundamentais confiança, controle emocional e o apoio da família e amigos. 

Camila conta que resolveu fazer medicina depois de ler o livro "Muitas vidas, muitos mestres", de Brian L. Weiss. 

"Medicina é o meu projeto de vida. Sinto que é meu dever nesse mundo ajudar as pessoas. A medicina não vai me deixar escapar".

Conheça a receita do sucesso da primeira classificada no curso mais concorrido da Fuvest 

Camila Anna Hofbauer Barbosa, 19 anos, encarou o desafio de passar em Medicina na Universidade de São Paulo (USP), somou 874.7 pontos em um total de mil e foi a primeira classificada entre os 9.138 candidatos ao curso no vestibular 2002.

Fonte: Mutirão Pré-Vestibular 

 

<<< Voltar

 

 
 Página Principal

Fale Conosco | Anuncie Aqui | Cadastro | Notícias | Home



 

VestibularWeb - O Site com provas, questões, simulados, testes e dicas de vestibular pra você! Desde 07/2000

Topo

.