MENU

 Artigos >> As melhores informações para o seu Vestibular
Confira as orientações e informações que podem ajudar na aprovação!!
 
Enfrentando o Vestibular!

 

Enfrentando o temido Vestibular!

Organize-se 
essa é a palavra chave. Faça um esquema do que deverá estudar e quando fará isso, elegendo prioridades. 

Na hora do vestibular, não escolha o curso apenas para resolver logo a questão. 
É fundamental conhecer tudo: a profissão, quais as matérias que se estuda, o campo de atuação depois de formado. 
Namore a profissão e, só depois de conhecê-la a fundo, case-se com ela. 

Para se sentir mais seguro de sua escolha, você pode optar por uma orientação vocacional. 
Ela irá ajuda-lo a restringir os alvos para onde deseja atirar. 

Outra opção é conhecer também as dicas do portal Vestibular1 (www.vestibular1.com.br) que tem muita informação e um Guia de Como Escolher a Profissão.

Engana-se quem acredita que apenas os livros são suficientes para se dar bem no vestibular, ler jornais ver bons filmes, enfim, enriquecer e diversificar a sua cultura pode ajudar até na hora de fazer a temida redação. 

O período que acontece essas provas é particularmente estressante, para não ficar histérico, adote algumas táticas:

Caso resolva entrar num cursinho, entre para levar a coisa a sério. Pode ser um pouco desgastante mas é um caminho importante para chegar lá. 

Esqueça a pressão dos pais e afins, uma conversa legal explicando o porquê do seu esquema de estudo pode ajudá-lo a entender que você não está estudando nem de mais, nem de menos. 

Nada de bitolação você deve obedecer a uma rotina organizada, mas precisa deixar uma brechinha na agenda para relaxar e descansar, inclusive nos finais de semana. 

Estresse coisa séria

"Você". É muito jovem para fazer isso ," você já tem idade para fazer aquilo..." vida de adolescente tem dessas coisas... 
Cobranças e mais cobranças, mudanças no corpo, na cabeça, na vida. Tudo vai embolando e quando você não está mais aquentando e dá um "basta", ainda tem que ouvir: "Calma, para que tanto estresse?" 

Pois sabia que essa frase aparentemente casual pode ter um fundão de verdade. 

Ao contrário do que muita gente imagina, o estresse não é "privilégio" apenas daqueles executivos engravatados. 

Olha só o que empurra a moçada da sua idade nessa direção:Aulas de idiomas, viagens, baladas com a galera. Só que essa batida alucinante pode provocar, sim o tal estresse. 
Paralelamente, existe o colégio, o namoro, os amigos, a família. 

Na escola, é obrigatório tirar boas notas. Para a turma, a menina "precisa" arrumar um namorado, senão vão dizer que ela está encalhada. 

O menino, por sua vez, "deve" arranjar uma namorada, senão vão achar que ele não é "chegado na coisa". Cobranças e mais cobranças e lá vem mais e Estresse!

Fora isso, existem confusões que habitam a sua mais profunda intimidade: descobrir quem você é, satisfazer as próprias expectativas e as dos adultos também.

Claro, e ainda tem o vestibular.

Alguns o consideram monstro e você? Num momento em que "periga" você nem sabe seu nome direito, precisa escolher uma profissão que definirá o seu futuro. 

Em casa, pais, avós, vizinhos, todo mundo na sua cola. Haja palpites e conselhos! Dá vontade de sumir e só voltar quando todo mundo esquecer o assunto. 
Por outro lado, vôce pode enfrentar tudo com muito bom humor, só depende de você!

Confira os principais sintomas do estresse

Em maior ou menor grau, isolado ou agrupado, esses sintomas atormentam o dia-a-dia de quem está estressado:
-Respiração mais rápida e curta;
-Ombros, pescoço e maxilares ficam tensos;
-Transpiração excessiva nos pés, mãos, testas e axilas;
-Cansaço crônico e dificuldade para pegar no sono;
-Distúrbios do apetite para mais ou para menos;
-Batimentos cardíacos acelerados;
-Dificuldade para se concentrar e memorizar;
-Dificuldade para controlar emoções; 

Pequeno Teste

Como anda o seu estresse? 
Assinale quais dessas situações têm a ver com você:

1) Irritado. É assim que tem ficado ultimamente.

2) Se pudesse, mudaria o mundo, porque se angustia com a fome, a violência e as injustiças sociais.

3) Se alguém lhe dirige uma crítica, vira um leão. Acha todas elas um ataque pessoal, perseguição.

4) Se você sente pressionado, das duas, uma: ou grita para desabafar, ou se esconde de todo mundo.

5) Se o seu autocontrole fosse um objeto, seria uma panela de pressão.

6) Você acha que está certo na grande maioria dos casos. Os outros é que não te entendem. É evidente que a culpa é deles...

7) O dia tem vinte quatro horas. Não há desculpa para não dar conta de fazer tudo que precisa. 

Conclusão: se você assinalou quatro ou mais itens, é hora de prestar mais atenção em si mesmo e aprender a controlar se estresse.

Chega de estresse. 
Calma! Está certo que a vida de adolescente às vezes não é exatamente um mar de rosas. 
Mas você pode se sair bem nessa. Anote tudo que lhe interessa. Veja algumas dicas para liberar o estresse:

Toda semana, dê uma olhadinha nos seus registros e não deixe seus probleminhas de hoje se tornarem os problemões de amanhã.

Superimportante se abrir com um amigo de confiança. Compartilhe tudo: suas alegrias, as frustrações e tristezas.

Console-se. Você não pode mudar o mundo. Faça a sua parte e já estará ajudando muito.

Há hora para tudo: tão importante quanto seu compromisso, é o descanso. Reserve um tempinho para passear, divertir-se. A questão é programar-se.

Procure ter uma boa noite de sono. Antes de se deitar, não faça atividades que deixem "ligadão" ou "ligadona", como ouvir aquele som agitado.

A atividade física é uma grande aliada contra o estresse. As endorfinas - substâncias liberadas quando se faz exercícios - são um calmante natural. 

Além disso, quem está em forma, tem mais chances de enfrentar numa boa os efeitos do estresse.

Aprenda a transformar os momentos em que está sozinho em total curtição, como a hora do banho, da barba (ou da depilação) cante no banheiro, olhe-se no espelho e converse com você mesmo(a).

Leve a vida a sério, mas não a "ferro e fogo". Lembre-se que todo mundo é humano e está aqui para aprender. Para isso, tem o direito de acertar ou errar, sem medos. 

Dê um tempo... Só para você!

Cuide do seu astral e não se descuide do visual. Cante em baixo do chuveiro e ria sozinho(a) das gafes que cometeu. Compre uma roupa bacana, capriche na barba ou na depilação, no cabelo, no visual. E dê um bye-bye a tensão do dia-dia.

Enfrente esta fase com alegria e naturalidade, assim, tudo fica mais fácil!

Carlos Rocha - Equipe do Vestibular1

 

<<< Voltar

 

 
 Página Principal

Fale Conosco | Anuncie Aqui | Cadastro | Notícias | Home



 

VestibularWeb - O Site de dicas, notícias e novidades de vestibular pra vc! Desde 07/2000

Topo

.