MENU

 ENEM >> Exame Nacional do Ensino Médio
Informações sobre o Exame Nacional do Ensino Médio
 
A Prova do ENEM

» 

A Prova do Enem

Para a elaboração da prova do Enem, constituída de uma parte objetiva e uma redação, é utilizada uma matriz de competências. Neste caso, a palavra competência está ligada à capacidade do estudante, entre outras coisas, em dominar a norma culta da Língua Portuguesa, compreender fenômenos naturais, enfrentar situações-problema, construir argumentações consistentes e elaborar propostas que atentem para as questões sociais. 
A cada competência corresponde um conjunto de “habilidades”, que seriam a demonstração prática dessas competências.

Parte Objetiva  

Quem já fez ou teve contato com a prova objetiva do Enem percebe que se trata de uma avaliação diferente. 
Isso porque as 63 questões do Exame não favorecem a decoreba, não oferecem pegadinhas, nem exigem macetes.

A prova do Enem é interdisciplinar, ou seja, ao contrário de muitos vestibulares, não é dividida por disciplinas, mas procura reunir conhecimentos de diversas áreas em uma mesma questão, relacionando-os.

O Exame avalia a sua capacidade em resolver situações-problema. Esta é outra das suas particularidades. Entendida como uma forma de aprendizagem, a situação-problema propõe interação com a questão e a reflexão sobre ela. 
É por esta razão que os conceitos decorados e macetes, técnicas comuns em cursinhos pré-vestibulares, não ajudam muito. O que conta é o conhecimento adquirido na vida escolar e no dia-a-dia.

Redação

A proposta de redação do Enem é baseada em diferentes textos e linguagens que tratam de temas atuais e nacionais. Estes textos estimulam a reflexão e a avaliação a respeito dos argumentos, informações, fatos e opiniões que apresentam. 

A partir dessa análise, o participante do Enem deve criar um novo texto argumentativo-dissertativo, onde apresente seu ponto de vista.

A Nota 

O Enem trabalha com uma escala clássica de 0 a 100 para a atribuição da nota final, tanto na parte objetiva da prova quanto na redação. As 63 questões que compõem a parte objetiva do exame possuem o mesmo valor. 
A nota que vai figurar no seu boletim individual de desempenho é a porcentagem de acertos que você teve. Assim, uma nota 74,60, por exemplo, indica que você acertou 47 das 63 questões. 
Diferentemente do critério adotado por algumas universidades nos seus processos seletivos, no Enem uma resposta errada não anula uma certa. 
Portanto, os participantes devem responder a todas as questões.

Importante: A redação só é corrigida se tiver estrutura de dissertação, mais de quinze linhas, respeitar o tema proposto, estiver legível, não tiver identificação do autor e for escrita a caneta. 
Se não respeitar qualquer um desses critérios, é contabilizada como nota zero.

 

<<< Voltar

 

 
 Página Principal

Fale Conosco | Anuncie Aqui | Cadastro | Notícias | Home



 

VestibularWeb - O Site de dicas, notícias e novidades de vestibular pra vc! Desde 07/2000

Topo

.